2009-09-20

CONCIÊNCIA E FÉ.

Consciência e fé.

Este texto recebe com alegria todo filho da consciência,

Que necessita da confirmação divina.

Muitos mestres passaram por este vale. E como todos os reconheceram? R: Sim, por todos os trabalhos maravilhosos que deixaram registrados.

DIGA PARA SEU CORAÇÃO OUVIR.

Nós aprendizes dos mestres e discípulos da essência divina, caminhamos por caminhos turvos. Mas, considerando o pleno direito de nossa consciência e livre escolha, nos posicionamos de acordo com o que achamos ser viáveis para um bom condutor de sua existência. Ou seja, somos responsáveis por nossos atos. E se somos responsáveis pelos atos cometidos, devemos ser também responsáveis pelas conseqüências destes, e mais ainda sem reclamar.

E nem tão pouco fazer cobranças pelo seu atraso, na hora de pegar a condução para o novo ciclo de sua vida. Basta saber somente que sua escolha deve ser respeitada, principalmente por você que reclama, e se ofende por não entender os caminhos que enveredou nas trajetórias de sua vida atual. Sendo assim, devem respeitar com o mesmo direito, aqueles que escolheram o caminho da luz. Ou seja, o caminho da consciência divina, humanitária, e sempre pensando pelo conjunto e bem estar da humanidade. Seu egoísmo não permite ver o céu que ti mostras as estrelas? Repreenda-o! Seu instinto não lhes permite ter a paz que gorjeia o novo tempo. Expulse-o de ti, repreenda-se por adicioná-lo no seu dia á dia. O ser humano passou por varias fazes para chegar á esta evolução. Mas, cabe á cada um escrever sua historia. Dando preferência aos bons costumes, aos métodos práticos e sinceros para conduzir-se no patamar existencial. Cabe ao ser humano ver-se de um espelho onde um dia quando acordares do seu sonho, e fores reconstruir-se, jamais sinta vergonha de seus atos. Isto ocorrerá sempre. Nunca desistas de ser o melhor de si mesmo, porque o preço que cobrarás de ti, normalmente, não saberás como pagar porque não soubera entender ou quiseras aprender o que foi lhes concedido por direitos iguais a todos os seres do universo. Mágoas, ressentimentos, invejas, falta de amor ao próximo, egoísmo, e outras tantas doenças da vida humana, não são, e não fazem parte do verdadeiro ser divinal que tanto falamos.

Achar que o melhor é continuar neste mesmo campo minado, jamais, produzirá o verbo mudar, renovar, sair, brotar, viver, e assim, sucessivamente. Conscientizar do amor divino, sim, este é o melhor caminho para o novo tempo. Sabendo-se que a maior dádiva e benção divina esta no conjunto da obra. E sabemos que a obra do criador é perfeita.

Bênçãos de luz eterna para todos os irmãos em cristo.

Mensagem enviada por um grande mestre. Andre Luis.

Vinda do núcleo recanto de luz!

Data: 2009-09-20 as 14,05 hs.

Recebe: Márcia Loureiro.



Para complementar este encanto que recebo, deixarei registrado um pequeno trecho psicografado por Francisco Candido Xavier de Andre Luiz.

Sem quaisquer recursos especiais você dispõe do poder de renovar e reerguer a própria vida. Você pode ainda e sempre:

Avivar o clarão da alegria onde estejas furtando a tranqüilidade;
Atear o calor do bom anima onde a coragem desfaleça.
Entretecer o ambiente preciso á resignação onde o sofrimento domina;
Elevar a vibração do trabalho onde o desanimo apareça;
Extrair o ouro da bênção entre pedras de condenação e censura;
Colocar a flor da paciência no espinheiro da irritação;
Acender a luz do entendimento e da concórdia onde surja a treva da ignorância; descobrir fontes de generosidade sob as rochas da sovinice;
Preparar o caminho para Jesus nos corações distantes da verdade.

Tudo isso você pode fazer, simplesmente pronunciando as boas palavras da esperança e do amor.

Andre Luiz.




APARÊNCIAS.

Não acuse o irmão que parece mais abastado. Talvez seja simples escravo do compromisso.

Não condene o companheiro guindado á autoridade. É provável seja ele mero devedor da multidão.

Não inveje aquele que administra, enquanto você obedece. Muitas vezes, é um torturador.
Não menospreze o colega conduzido a maior destaque. A responsabilidade que lhe pesa nos ombros pode se um tormento incessante.

Não censura a mulher que se apresenta suntuosamente. O luxo, provavelmente, lhe constitui amarga provação.

Não critique as pessoas gentis que parecem insinceras a primeira vista. Possivelmente estarão evitando enormes crimes ou grandes desânimos.

Não se agaste com o amigo mal humorado. Você não lhes conhece todas as dificuldades intimam.

Não se aborreça com a pessoa de conversação ainda fútil. Você também era assim quando lhe faltava experiência.

Não murmure contra os jovens menos responsáveis. Ajude-os, quanto estiver ao seu alcance, recordando que você já foi leviano para muita gente.

Não seja intolerante em situação alguma. O relógio bate, incessantemente e você será surpreendido por inúmeros problemas difíceis em seu caminho e no caminho daqueles que você ama.

Andre Luiz,
Psicografado por Francisco Candido Xavier.