2014-11-17

A NATUREZA DE DEUS.

“Chega a ser arrogante a tentativa que o ser humano faz para compreender a natureza mais profunda de Deus. A partir da dimensão terrena, inúmeras limitações estão sobrepostas cerceando o alcance desta tentativa. Por mais elevada e profunda que seja a penetração de uma consciência humana nas dimensões superiores, estaremos ainda distantes e em mérito especulativo sobre a natureza holística da existência [...] O sábio mestre vê no escuro. Enxerga realidades ocultas. Conduz a luz sutil que penetra dimensões. Destitui as camadas mais densas das formas e revela a abstração. Permeia a vida comum de forma incomum. Abre lastros de compreensão onde a ignorância pondera. É lua cheia em noite de caminhada. Reflete a luz do sol guiando os peregrinos... Ilumina [...] Com a meditação analítica e investigativa, o ser pode perceber como se manifestam e quais espaços ocupam as suas dimensões física, emocional e mental [...] Dimensões superiores só podem se tornar acessíveis, quando o ser humano consegue focar a sua atenção essencialmente no tempo presente. Qualquer crença consciente que desloque a atenção para o passado ou para o futuro impede que a consciência penetre a sutilidade da quinta dimensão acima. Desta forma, para se transcender passado e futuro, o ser humano deve estar ao máximo atento na sua presença no agora. É nesta consciência do espaço-tempo do agora que grandes verdades se expõem, as dimensões superiores se sustentam e possibilitam a transição pelos portais da atemporalidade [...] O espaço-tempo que vivenciamos em nossa realidade terrena é limitado pela consciência do planeta. Esta limitação está se dissolvendo e alterando a percepção coletiva e planetária da consciência espaço-temporal. A própria ciência humana já está preparada para esta realidade, dissolvendo ilusões e abordando este tema com plena disponibilidade. Espiritualmente, a Hierarquia Cósmica aguarda o momento adequado para utilizar os treze discos solares que estão resguardados na Terra, para sintonizar e alinhar um ajuste do espaço-tempo planetário com o espaço-tempo cósmico. Um avanço quântico nas interrelações dimensionais da vida universal abre-se para a Terra [...] Muitos buscam ver os milagres dos seres divinos como quem vai ao circo ver o mágico e sua mágica. Os milagres divinos possuem mensagens em seus contextos. Em sua maioria, ocorrem despercebidos e ocultamente nos planos sutis. O ser divino não intenciona a curiosidade fenomênica do milagre, mas o ensinamento do mistério das dimensões da vida. O seu maior milagre é a sua simples existência consciente na unidade [...] O alimento físico sustenta a existência humana neste plano. Há alimentos sutis e energéticos que sustém a vida nos planos superiores. O homem pode redimensionar o seu sistema de troca energética e nutrir-se de fontes mais sutis... uma iniciação [...] Há seres humanos que desejam ser curados através das resoluções dos seus meros problemas pessoais, sejam físicos, emocionais ou mentais. A verdadeira cura requer um momento adequado para se manifestar. Envolve um movimento amplo que transcende as questões pessoais de um só ser humano. Interliga vários níveis de ajustes dimensionais da consciência e uma egrégore de seres existentes. Só se realiza, quando um equilíbrio se faz imanente, em respeito às várias leis que interagem holisticamente. Depende de uma conjuntura justa para com a humanidade, com a Terra e para com Deus [...] Somente em um coração que conheceu a quietude e a serenidade, as dimensões mais altas podem se ancorar. É que há a necessidade de uma estabilidade atômica que possa suportar as frequências vibracionais superiores. As virtudes aprontam a aura [...] Para aquele que se uniu ao seu espírito não há tempo e distância terrena... ilusão transcendida. Os limites de sua ação ultrapassam a dimensão material e penetram os mundos sutis. Acima do atman, a vida atemporal flui e a consciência navega livremente [...] O tempo da vida comum é uma referência. Porém, o tempo interno e pessoal é o que deve servir de guia maior. Ele está centrado na dimensão da realidade pessoal e precisa ser compreendido e respeitado. Faz uma conexão relativa com os fatos eternos e externos projetados para cada ser, especificamente. Não segue necessariamente a ordem referencial do tempo coletivo planetário. Faz-se sensível na conexão direta da Fonte com a consciência individual do ser. Transcende e liberta o homem em direção ao inusitado [...] O homem evolui através da sua própria superação. Este processo se dá por uma conjuntura de provações seguidas pela qual ele necessariamente passa. A inteligência superior da vida multidimensional oriunda da Fonte se encarrega de construir os contextos adequados para a manifestação do campo de provas [...] Nascer e morrer são experiências existenciais ainda necessárias para a dimensão humana na Terra. São intervalos transitórios e ilusórios no percurso da vida eterna [...] A teoria científica da física quântica afirma que tudo aquilo em que o ser não acredita deixa de existir. Ou seja, somos nós que selecionamos parte de nossas próprias verdades e realidades, gerando as respostas para os eventos em nossas vidas. É neste ínterim, que o ser humano pode se limitar e bloquear o acesso aos níveis divinos do seu EU. Raros são os seres que se transcenderam e aceitaram as palavras de Jesus, quando ele afirmava que os que tinham fé nele poderiam fazer mais que ele próprio. Aquele grande mestre sabia que a própria evolução da Terra iria oferecer certas condições cósmicas, para que outras dimensões superiores ficassem acessíveis mais facilmente. Desta forma, grandes iniciados com os mundos sutis poderiam realizar o que a humanidade comum ocasionou chamar de milagres. É preciso ter conhecimento e sabedoria para se gerar a luz suficiente que permita a um ser humano penetrar na essência da fé que tudo pode e realiza. Nem tudo é impossível sob a luz do Cristo Cósmico [...] Em termos evolutivos, um ser que está à frente no caminho pode apresentar realidades totalmente incompreensíveis para outro que se encontra mais atrás. Assim é a natureza ascensional. Uma dimensão superior abarca e compreende uma dimensão inferior. Por sua vez, uma dimensão inferior não tem capacidade de penetrar a natureza de uma dimensão superior [...] Há seres humanos que veem as profecias com os olhos da desconfiança e do medo. Ignoram a grandeza da multidimensionalidade acessada e veiculada pelo profeta, nos vetores dos espaços-tempos. Ficam no campo superficial das especulações e das crenças, perdendo oportunidades de usufruírem destes eventos como uma ferramenta para investigar melhor os mistérios que a vida nos oferece para um autoconhecimento. As profecias deveriam ser usufruídas como recursos imprescindíveis para uma compreensão adequada sobre as realidades dimensionais do Cosmos [...] Não é a quantidade de silêncio na vida de um ser que qualifica a sua sabedoria. É a qualidade sensível deste silêncio e a sua relação com ele, enquanto mistério de vida. É o potencial do alcance dimensional que este silêncio lhe credencia a navegar pelos mundos ocultos, espontaneamente, em contato com as inspiradoras fontes celestiais. O sábio é aquele que, além da qualidade do seu silêncio, consegue redimensionar suas inspirações captadas naqueles mundos impalpáveis aos planos das palavras terrenas, faladas ou escritas, assim como aos planos dos movimentos dos corpos materiais com um mínimo de distorção arquetípica e desvio de energia. Sua mente superior encontra-se desperta e qualificada para projetar as ordens harmônicas dos céus, através do som, das letras simbólicas e dos movimentos corporais no mundo formal desta Terra [...] Quanto mais se aprofunda o contato íntimo com o mundo espiritual e com outras dimensões, mais o ser reavalia e reestrutura as verdades da sua vida [...] Parte do mistério da existência está inscrito na essência mais profunda do ser humano, no templo da criação que interliga as dimensões... o coração [...] A vida é perfeita e harmônica, em todas as suas dimensões. Até mesmo o que chamamos de desarmonia é, de fato, a perfeição da vida se manifestando, além da dualidade [...] Não é o simples transitar pelas consciências dimensionais da existência, mas compreender o que cada uma requer de nós [...] Quando um ser humano portador de grande luz entra em contato com o campo energético de um ser humano comum, duas situações podem ocorrer. Primeira: o ser iluminado redimensiona a sua luz conscientemente, a reduz e a adapta para as condições de contato adequadas à compreensão do outro. Segunda: o ser iluminado mantém o nível mais alto de luz suportável pelo outro, infringindo-o algum tipo de sofrimento transformador. Entenda-se luz por conhecimento e sabedoria [...] O inconsciente humano age além do espaço-tempo consensual da coletividade da atual raça terrestre. Ajusta as relações de causa e efeito, preparando a experiência evolutiva a ser vivenciada pelo ser em comunhão com outros reinos, mundos e dimensões [...] A partir da sua dimensão de linguagem, as palavras tentarão expor uma apresentação, uma imagem ou uma ideia sobre as realidades divinas. Mesmo usufruindo das combinações mais harmônicas e perfeitas entre as palavras, em qualquer idioma, o plano divino ainda será distorcido. A consciência humana só compreenderá a divindade por via direta e esta via é acessada por meio do silêncio, da concentração, da pureza, do estado meditativo e contemplativo [...] Neste exato momento, podemos não acessar as nossas expressões em outras dimensões superiores. Ao afinarmos a nossa vibração consciencial, podemos nos conectar a estas realidades. Enfim, véus caem e nos descobrimos em outros mundos [...] A consciência da vida maior intenciona revelar o sentido da unidade existencial das realidades acessíveis. Há um momento para isto. Quando a oitava dimensão se faz presente e sensível à consciência humana, o ser compreende e incorpora esta realidade. O homem comum dá lugar ao homem espiritual. Neste ínterim, pode-se viver na vida comum, mas o enfoque está a serviço da vida divina [...] Em breve, as humanidades da Terra terão relações elevadas com as dimensões superiores da vida, como têm as humanidades de Canopus, Vênus, Plêiades, Sírius, Arcturus, Centauro, Órion, Júpiter, Lira e Mercúrio.”   (Do livro “VIA TERRA, caminhos da luz”)