2015-01-26

SONHOS PREMUNITÓRIOS.

"Sonhos premonitórios são aqueles cujos fatos vistos ou vivenciados durante o sonho realizam-se no plano material, e ocorrem normalmente de três formas diferentes como veremos a seguir.

Quando durante o sono, o espírito estando desprendido do corpo físico, e participando da vida no plano espiritual, ele tem uma visão muito mais ampla das realidades e das leis que regem a vida e o universo. Nesse estado ele pode com maior facilidade perceber a forma como se desenrola determinados fatos de sua vida ou de outrem, e assim antever o desfecho lógico para aquela situação. Assim se dá uma boa parte das premonições em sonhos.

Uma outra forma de sonho premonitório é quando estando no plano espiritual, o espírito recebe de um ou mais espíritos evoluídos, informações sobre fatos que ainda estão para ocorrer e ao acordarem trazem a lembrança de tais informações.

Nesses dois tipos de experiências ao acordar tem-se na grande maioria das vezes a impressão de ter vivido aquelas situações, o que não é verdadeiro. Tem-se essa impressão porque a linguagem usada para comunicar-se entre um espírito e outro não é a palavra articulada e sonora emitida pelo aparelho fonador de um corpo físico e sim uma linguagem telepática onde se passa uma idéia formada ou imagens que se queira transmitir ao outro espírito.

A terceira maneira desse tipo de sonho é mais rara de ocorrer por se tratar de uma forma mais precisa e rica em detalhes, e às vezes, até com precisão de datas, horas e locais, são verdadeiras visões proféticas, de fatos que irão acontecer em um espaço de tempo que pode variar de algumas horas até vários séculos de antecedência. Nesse tipo de sonho o espírito daquele que sonha é transportado ao local e hora exata no futuro onde os fatos irão acontecer e assiste o desenrolar das cenas reais e irão recordar dessas imagens com riqueza de detalhes quando despertarem.

É importante lembrar que o sonho não é a única forma de premonição que existe e também não é o mais comum. O transe mediúnico de clarividência e clariaudiência são muito mais frequentes que os sonhos".



 Ronaldo Cardim