2015-01-26

VOCÊ É LIVRE... LIVRE .... LIVRE!

MENSAGEM DE JENNIFER HOFFMAN
26 de Janeiro de 2015
É a última semana de Janeiro, e enquanto este primeiro mês se aproxima do fim, preparamo-nos para um novo mês e novas oportunidades. Acho que sentiremos  cada mês de 2015 como um ciclo que começa com lições e termina com resoluções, se estivermos focados no avanço que é tão importante para nós agora. A cada experiência, precisamos nos perguntar: “Como posso elevar isto a um novo nível?”, em vez de ficarmos presos no sofrimento, querendo saber como iremos conseguir sair dele.

Este é o momento para que os Faróis da Luz brilhem, porque é ao empregarmos mais e mais luz, que nos abrimos para novos espaços para que ela brilhe. Uma das maneiras com que fazemos isto é optarmos  por terminarmos com o nosso sofrimento e criarmos as “zonas livres do sofrimento” em nossas vidas.

Nesta semana, temos uma mensagem canalizada do Arcanjo Uriel que apareceu pela primeira vez em 2005. Eu não estive escrevendo novas mensagens ultimamente, mas esta mensagem surgiu inesperadamente como uma mensagem que eu precisava publicar. Ela é apropriadamente intitulada como: “Termine o seu sofrimento, mude o Sofrimento do Mundo”, e é onde nos encontramos agora, sendo capazes de escolher se queremos, ou estamos dispostos  ou não a sofrer, e, então, fazermos nossas escolhas a partir deste ponto. Estão cansados do sofrimento? Então, escolham um caminho que não o inclua.

TERMINE O SEU SOFRIMENTO, MUDE O MUNDO

Cada lição de vida é uma oportunidade para ou nos aprimorarmos, ou desistirmos. Quando nos aprimoramos, podemos ultrapassar o desafio. Quando desistimos, o desafio nos domina.” – Jennifer Hoffman

É da natureza do ser humano sofrer e ter o sofrimento durante eons, através da guerra, do ódio, da doença e de muitas atrocidades que são promovidas com base na cultura, no gênero, na idade ou na raça. Há muitos exemplos de sofrimentos na Terra hoje, desde os países que são devastados pelas guerras, até a fome e o abuso em seus próprios bairros. O sofrimento pode ser experienciado global e individualmente. Cada pessoa que permite o sofrimento em sua vida é responsável tanto pela sua presença, quanto pela sua resolução. Aqueles, cujas nações estão em guerra, cederam o seu poder aos outros, e escolheram viver as suas vidas em um estado de impotência. O Sofrimento, como qualquer aspecto da vida, é uma escolha, cuja presença em sua vida é determinada pelo seu livre arbítrio – você escolhe sofrer, assim como você escolhe remover o sofrimento de sua realidade.

Você pode considerar o sofrimento como dor e isto é uma coisa que ele traz, mas a verdadeira natureza do sofrimento envolve o que você sofre ou experiencia, suporta ou passa. O sofrimento, realmente, tem mais a ver com o que você está disposto a suportar em sua realidade, do que com as terríveis coisas que outras pessoas lhe fazem. O que você permite que ocorra, irá lhe trazer o que você sofrerá  e isto se aplica a você individualmente, ao planeta e a toda a humanidade.

Para terminar o sofrimento, você deve observar o que você está permitindo ou aceitando e começar a fazer outras escolhas. Se você tem medo de escolher com o seu coração, por causa de possíveis repercussões, então, você optou por permitir o sofrimento. Assim, o sofrimento não tem que envolver algo tão drástico como a guerra. Ele pode ser tão simples quanto permitir-se ser mal tratado pelos outros ou permanecer em silêncio sobre seus desejos quando você gostaria de falar,ou até mesmo concordar com alguma coisa quando você não preferiria.Isto é entregar o seu poder e quando você faz isso, você sofre.

O sofrimento que existe hoje no mundo tem sido causado pelo acordo de milhões de pessoas para sofrer,  aceitar e suportar tudo o que for colocado em seu caminho. Não serão necessários os esforços de toda a humanidade para acabar com o sofrimento, mas serão precisos o foco intenso e a determinação de muitos trabalhadores da luz, que já se tornaram faróis de luz, para que comecem as mudanças que são necessárias para difundir a luz sobre a escuridão e ensinar os outros como deixar de suportar e  começar a viver.

Eles podem começar por seguir uma regra muito simples na vida  - amar um ao outro. Isso não significa o amor romântico, isso significa a energia do amor, o que vocês chamam de amor incondicional, que envolve a aceitação, o não-julgamento e o desapego. Significa entender que todos nós somos um, todos estamos conectados com a mesma Fonte, e que todos vivemos na Perfeição Divina em todos os aspectos do nosso ser.Significa reconhecer o outro como expressão da perfeição do Criador.

Agora, mais do que nunca, é possível que toda a humanidade  viva em paz e harmonia, porque você tem uma escolha para acabar com o sofrimento em sua vida, individual e globalmente. Você pode fazer essa escolha, curando e libertando seus laços cármicos em todos os níveis, de forma individual, em seus bairros, cidades e nações e dando amor incondicional a todos que você conhece e até mesmo às pessoas que você não conhece. É tão destrutivo odiar uma nação e o seu povo, ou uma cultura, um gênero ou uma raça, como é  odiar um indivíduo.

O Carma existe em todos esses níveis e quando o povo de uma nação concordar em liberá-lo, o sofrimento cessará. E não requer o acordo de uma nação inteira; basta que uma pequena porcentagem de pessoas comece a trabalhar e a circular a energia. Isso cria uma poderosa onda de luz que irá superar todo o medo e ajudará os outros a começar a parar de sofrer e a começar a viver dentro de uma realidade que se baseia no amor, fé, confiança e aceitação.

Isso não é impossível. Na verdade, isto já está começando e você tem feito bem o seu trabalho. Mas você deve continuar, pois isto começa com cada um de vocês. Você tem o poder de mudar o mundo, porque o mundo é um reflexo de cada um de vocês. Quando você optar por acabar com o sofrimento e viver na alegria, esta escolha se tornará uma opção para todos, e a possibilidade do milagre da paz, então, tornar-se-á uma opção para o mundo, em vez do sofrimento.


Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
UNIDADE NA LUZ